NOSSA POLITÍCA

28 de ago de 2011

O Planeta dos Macacos: A Origem

Cinema em Foco
Aventura de primeira mão, Planeta dos Macacos: A Origem é um filme que consegue cumprir a premissa divulgada na sinopse: muita ação e distopia para todos os lados. Tecnicamente coerente e mais frenético que a incursão de Tim Burton há dez anos, esta produção promete fazer sucesso nas bilheterias do Brasil. 

Baseado no romancista francês Pierre Boulle, lançado em 1963. Utilizando a tecnologia vista recentemente em Avatar e O Senhor dos Anéis, Planeta dos Macacos: A Origem é dirigido por Rupert Wyatt, responsável pelo sucesso O Escapista (2008). É a décima adaptação do livro. 

No enredo, Will Rodman (James Franco, na média) é um cientista da empresa Gen-Sys. Depois que a sua tentativa de trabalho com a nova droga ALZ112 dá errado, a empresa suspende as atividades e Will segue numa odisseia para curar o pai, vítima do Mal de Alzheimer, doença que é o foco das experiências em laboratório suspendidas por problemas nos testes com chimpanzés.
Como já se imagina, algumas coisas não ocorrem como o planejado e a cidade de São Francisco se vê dominada pelos chimpanzés, inteligentes e sagazes depois das experiências, dispostos a lutar contra tudo e contra todos, utilizando autoritarismo e totalitarismo para erguer a revolução. O líder do movimento é Cesar, chimpanzé representado muito bem pelo ator Andy Serkis, que já foi o King Kong da versão de Peter Jackson. Em suma, uma pessoa experiente no trabalho.

A edição funciona bem, a direção de arte e efeitos visuais dá conta do recado: Andrew Lesnie, responsável pela fotografia de O Senhor dos Anéis já havia ganhado o Oscar em 2002, assim como Dan Lemmon e Joe Letteri, eficientes na equipe de efeitos especiais.
Com Freida Pinto, Brian Cox e Tom Felton no elenco de apoio, Planeta dos Macacos: A Origem consegue agradar aos fãs de filmes de aventura e ação. Se por acaso o espectador decidir analisar o espetáculo pelo viés da crítica social e da política, vai encontrar material suficiente para trabalho. No rol dos filmes de ação e aventura da última safra, Planeta dos Macacos: A Origem consegue ser melhor e mais divertido. Assista você também e tira as suas próprias conclusões. Bom filme.

O Planeta dos Macacos: A Origem

TRAYLLER                                                                                                       

Diretor:Rupert Wyatt
Gênero: Ficção Científica
Classificação: 12 anos
Nome original: Rise of the Planet of the Apes
Site: http://www.apeswillrise.com/
Tempo: 105 min 

Fonte: cinepop
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: