NOSSA POLITÍCA

10 de out de 2010

Resgate de mineiros deve começar na quarta-feira, diz ministro chileno


09/10/2010 20h17 - Atualizado em 09/10/2010 22h33

Análise concluiu que não será preciso revestir todo o buraco.
Uma das perfuradoras chegou na manhã deste sábado (9) ao local.

Giovana Sanchez Do G1, em Copiapó *
 O ministro das Minas chileno, Laurence Golborne, informou neste sábado (9) que o processo de retirada dos mineiros presos há mais de dois meses em uma mina chilena deve começar na quarta-feira.
Em entrevista coletiva na mina San José, ele disse que após uma análise do poço cavado, chegou-se à conclusão de que não será preciso revestir todo o buraco, mas apenas 96 metros. Segundo Golborne, a parte que precisa ser revestida fica em uma área que há mais probabilidade de desprender alguma pedra.
O processo de retirada vai levar 48 horas. Segundo o ministro, os mineiros estão tranquilos e o ambiente entre eles está bom. Sobre a saúde dos 33 homens, o minsitro da Saúde Jaime Manñalich informou que eles estão recebendo uma dieta especial e sendo monitorados constantemente.
Conforme as autoridades, uma análise completa do ducto foi feita e detectou-se que a qualidade da rocha é boa e não será necessário revestir todo o poço, que neste sábado alcançou o local onde estão os mineiros.
O revestimento começará a ser feito já na noite deste sábado e deve ser completado em um dia e meio, de acordo com o ministro. Depois que estiver pronto, os mineiros entrarão em uma cápsula e serão elevados até a superfície, um de cada vez. Cada resgate deve levar, em média, uma hora.
Logo após o momento de euforia da chegada do ducto neste sábado, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou que os mineiros seriam resgatados na próxima semana. Porém, a oposição do governo fez críticas contra a atitude do presidente. Por isso, com muita cautela, Piñera disse que o que importa não é o dia em que os trabalhadores da mina serão libertados, afirmando que a prioridade é a segurança dos mineiros.
Eufóricos e emocionados, os parentes dos mineiros, que estão alojados no acampamento Esperança, subiram à montanha próxima e comemoraram a chegada de uma das perfuradoras na manhã deste sábado (9), aos gritos de 'Chi, chi, chi, le, le, le!'. A abertura do túnel foi anunciada por uma sirene e celebrada por um sino, que tocou por mais de uma hora.
Parentes celebram neste sábado (9) a abertura do túnel que leva aos mineiros presos.Parentes celebram neste sábado (9) a abertura do túnel que leva aos mineiros presos. (Foto: AFP)
Na coletiva, Golborne declarou ainda que os técnicos, ajudados pelos próprios mineradores, realizaram uma explosão controlada neste sábado para alargar o túnel por onde eles serão resgatados.
Presos há 65 dias até agora, os mineiros bateram um novo recorde de sobrevivência no subsolo após um acidente de mineração. Embora alguns tenham infecções cutâneas, eles estão com a saúde excepcionalmente boa.
Mapa localiza Copiapó, no Chile.Mapa localiza Copiapó, no Chile. (Foto: Arte G1)
Na quinta-feira (7), as equipes de resgate fizeram uma simulação cronometrada de como serão os trabalhos.
"Isso é muito forte, é um sentimento muito grande. Imagino o que meu irmão deve estar sentindo lá dentro", disse à France Presse Gastón Henríquez, que esperava emocionado próximo à entrada da mina.
"Estamos muito felizes, porque sofremos muito nesses dois meses. Esperamos agora que eles saiam logo para que possamos abraçá-los e levá-los para casa", disse Wilson Ávalos, que tem dois irmãos presos na mina San José.

Avalie o Conteúdo:

0 comentários: