NOSSA POLITÍCA

15 de abr de 2011

Homem morre em briga com guarda-chuvas

Vendedor é morto durante briga com guarda-chuvas em Porto Alegre

Motivo foi uma discussão sobre vendas do equipamento, diz Brigada Militar.
Vítima foi ferida no pescoço e rosto por adolescente que vendia o produto.

Nacional                                                           
Do G1, em São Paulo

Um vendedor de 49 anos foi morto durante uma briga com um adolescente de 15 anos, na tarde desta quinta-feira (14), na frente do Mercado Público de Porto Alegre. Segundo a Brigada Militar, os dois são conhecidos vendedores de guarda-chuva e usaram o produto que comercializavam no local para praticar as agressões mútuas. O motivo teria sido um desacordo sobre valores para venda do equipamento.
Ainda de acordo com a Brigada Militar, a vítima foi atingida por golpes de guarda-chuva no olho, no pescoço e na boca. A parte metálica do instrumento perfurou o corpo do vendedor por pelo menos quatro vezes. O adolescente ainda não foi localizado pela polícia e permanece foragido.
A Brigada Militar informou que a vítima tinha passagem na polícia por injúria, agressão, lesão corporal e outros delitos de menor poder ofensivo. O adolescente, que já foi identificado, é usuário de crack, droga que também costumava comercializar na região central de Porto Alegre.
O vendedor ferido chegou a ser levado para o Hospital de Pronto Socorro da capital gaúcha, onde recebeu os primeiros cuidados médicos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Vendedor de 49 anos é morto a golpes de guarda-chuva no Centro de Porto Alegre (Foto: Luiz Armando Vaz/Diário Gaúcho/Agência RBS)Vendedor de 49 anos é morto a golpes de guarda-chuva no Centro de Porto Alegre (Foto: Luiz Armando Vaz/Diário Gaúcho/Agência RBS)
Fonte: g1.globo.com
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: