NOSSA POLITÍCA

26 de mai de 2011

Realizada a primeira apreensão de Oxi no Espírito Santo


Primeira apreensão de Oxi é feita no Estado

A nova droga foi apreendida em uma operação do Batalhão de Missões Especiais em frente a uma escola de Vitória

26/05/2011 - 11h46 - Atualizado em 26/05/2011 - 11h46
Nuno Moraes - Da Redação Multimídia

foto: Nestor Müller
Oxi apreendido em Vitória
Imagem das embalagens do Oxi apreendido em Vitória


A indignação de um morador do bairro Itararé, em Vitória, com o tráfico de drogas em frente a uma escola municipal, levou policiais militares do Batalhão de Missões Especiais (BME) a fazer a primeira apreensão da droga oxi no Espírito Santo. O fato aconteceu por volta das 18 horas de quarta-feira (26). Ninguém foi preso.

Segundo o boletim de ocorrências registrado no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória, um morador de Itararé - que não teve o nome divulgado pela polícia - ouviu de alguns traficantes, enquanto passava por eles, que uma carga da nova droga havia sido entregue pouco antes a eles, para "testar a comercialização" do produto na região.

Revoltado com o fato, o morador não teve dúvidas: fez a denúncia ao Ciodes, informando que o grupo suspeito poderia ser localizado na Rua Doutor Arlindo Sodré, em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Ceciliano Abel de Almeida.

Leia mais notícias no minuto a minuto

Equipes do BME foram enviadas ao local. Os suspeitos não foram encontrados. Mas os policiais realizaram buscas na região, já que o denunciante afirmou que a droga estaria escondida nas imediações.

De fato, o material acabou localizado escondido sobre a laje do banheiro de um bar, próximo à escola. Eram 61 papelotes de uma substância amarelada, exalando um forte cheiro de gasolina ou querosene. O material estava embalado em duas sacolas plásticas.

Na manhã desta quinta-feira, o forte cheiro do material apreendido ainda incomodava aos policiais que estavam trabalhando no DPJ de Vitória. A droga seria encaminhada para um laboratório para análise.

 com informações: Gazeta Online
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: