NOSSA POLITÍCA

20 de jun de 2011

Conheça o refrigerante que aumenta os peitos

cada uma neh


«Okkikunare«significa «torná-los maiores!« A bebida, fabricada pela companhia BlueCoin, vem em três sabores: maçã, pêssego e manga, e custa cerca de ¥ 200(equivalente a cerca de US $ 2US).

Essas bebidas são populares entre as adolescentes que são vulneráveis ​​à mensagem implícita de comercialização, que a bebida pode ajudar a aumentar o tamanho do peito.

As bebidas incluem um ingrediente chamado de araruta em pó, que tem um teor de isoflavonas semelhantes às da soja.


Enquanto alguns estudos mostram que as isoflavonas pode estimular o sistema hormonal feminino, não houve provas de que estas bebidas podem realmente aumentar o tamanho do peito.

As bebidas não são particularmente ricas em calorias (elas variam de 30-39 kcal por porção), mas são adoçadas com xarope de milho que tem frutose elevada e pode contribuir para o sobrepeso e a obesidade, se consumido em grandes quantidades por jovens em desenvolvimento.

A companhia tem o cuidado de não exibir, expressamente, no rótulo que a bebida pode aumentar o tamanho do peito, como tais alegações são ilegais, segundo as normas estabelecidas pelos órgãos de saúde do governo. A empresa também evitou fazer alegações de saúde na sua página.

No entanto, uma variedade de revistas conhecidas têm escrito sobre estas bebidas como catalisadores para aumento dos seios, e usaram os depoimentos de atrizes famosas.

O The Japan Offspring Fund, editor da Safety in Our Foods and Life, informou em sua edição de março 2008 que é certamente possível que a Empresa Blue Coin pode ter contratado empresas de relações públicas para facilitar a publicação desses artigos.

Adolescentes japoneses deveriam pensar bem antes de gastar dinheiro em refrigerantes promovidos com base em benefícios para a saúde, isto é absurdo.

E os consumidores ao redor do mundo devem tomar cuidado, pode não faltar muito tempo antes que as «Okkikunare« sejam encontradas em outros paises.


Fonte: Safety in Our Foods and Life,  seisdias.com.br
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: