NOSSA POLITÍCA

26 de nov de 2011

Capixaba candidato ao BBB 12 vira sensação na internet

O estudante Fabiano Moysés conseguiu apoio até do humorista Evandro Santo

foto: Arquivo pessoal
Fabiano Moysés, estudante e candidato ao BBB 12
Fabiano Moysés esteve na Parada Gay, em Vila Velha


Mais um Big Brother Brasil se aproxima e os personagens começam a brotar nas redes sociais. No início de novembro, a mobilização para a entrada de um candidato na casa mais vigiada do Brasil chamou atenção. O vídeo do capixaba Fabiano Moysés foi compartilhado por vários de seus amigos e entrou para os Trending Topics do Espírito Santo no Twitter como "#fabianomoysésBBB12". Ele ganhou apoio até do humorista Evandro Santo, o Christian Pior do programa Pânico na TV, que divulgou o link de seu vídeo no Twitter. (Assista ao vídeo aqui)

"A campanha foi uma iniciativa dos meus amigos. O vídeo já estava pronto há uns 15 dias e eu nem tinha divulgado ainda", contou Fabiano, que estuda Publicidade e Propaganda na Universidade Federal do Espírito Santo, mas sonha em trabalhar com moda.

O estudante de 22 anos é natural de Linhares, interior do Espírito Santo. Espontâneo na maneira de falar e de se vestir, Fabiano disse que se decepcionou um pouco com os "olhares" da capital: "Eu imaginava que Vitória fosse outro mundo, mas é tão provinciana quanto Linhares. As pessoas são preconceituosas. A diferença é que aqui elas mostram mais."

A intenção de se inscrever no BBB 12 veio antes do gosto pelo reality. O capixaba não gostava muito do programa, mas não descartou a participação desde que percebeu que a exposição poderia ser uma oportunidade de trabalho. "A fama ajuda para o mercado da moda. É uma forma de me conhecerem, de verem como eu sou." E completou: "Eu não tenho medo de expôr." Depois de começar a assistir, o reality show virou um vício. "É como uma novela. Não dá para não ver", disse ele.

foto: Arquivo pessoal
Fabiano Moysés, estudante e candidato ao BBB 12
Se entrar na casa, o estudante não quer levantar bandeiras
Além de aparecer na frente das câmeras, Fabiano falou da importância de vivenciar uma experiência diferente. "Tenho vontade de mostrar o que eu sou. O programa mostra as características de várias culturas do Brasil e entrar na casa seria uma oportunidade de viver isso", contou o estudante.

Preconceito

Em geral, os comentários sobre o vídeo da inscrição de Fabiano Moysés foram de apoio e sua Fan Page no Facebook já foi curtida por cerca de 450 pessoas. Mas ele sabe que, uma vez dentro da casa, o preconceito pode ocupar espaço. "O Brasil é um país preconceituoso. Então, é óbvio que vão rolar críticas. Mas eu espero que a recepção seja boa", disse ele, pontuando que sua principal característica é a facilidade de se aproximar das pessoas.

Apesar do jeito andrógino de se comportar, o capixaba não quer seguir os passos do vencedor da edição de 2005 e deputado federal, Jean Wyllys, que levantou a bandeira do movimento gay durante o programa: "Não sei se eu abraçaria a causa. Não é muito meu perfil fazer isso." Com bom humor, Fabiano disse que quer curtir a experiência: "Eu não quero ser um gay chato! Eu quero é me jogar!"
Com informações: gazetaonline
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: