NOSSA POLITÍCA

9 de dez de 2011

Anorexia também atinge o universo masculino

   Aumenta casos  a  cada dia em razão da busca pela perfeição

                          Saude e Bem Star              

A obsessão pela magreza é doença e pode matar

anorexia
A luta pela vida

Por se tratar de uma doença complexa, a anorexia exige acompanhamento profissional rigoroso para diagnosticar o quadro clínico e a tentativa de controlar a enfermidade por toda a vida, pois é incurável. "A partir de um levantamento feito por profissionais, o histórico alimentar do paciente é avaliado como os sentimentos em relação ao próprio corpo. Normalmente, o anoréxico procura atendimento em um médico clínico geral e de lá é encaminhado a um psiquiatra", afirma Cangelli.

A partir de então, uma equipe multidisciplinar é responsável pelo tratamento. São psiquiatras, responsáveis pela avaliação e o tratamento com medicamentos; nutricionistas que estruturam a reeducação alimentar e o medo do ganho de peso; psicólogos que tratam a distorção de imagem corporal, já que o anoréxico se vê gordo, além dos relacionamentos sociais e afetivos e, por fim; terapeutas, que discutem a relação familiar e individual dos pacientes.

Os amigos e a família são os pilares do anoréxico e, como o controle é feito ao longo da vida, as pessoas mais próximas devem compreender a gravidade da enfermidade. "O surgimento da doença pode ser de caráter social, cultural e familiar. O indivíduo não desenvolve a anorexia por uma causa só, sempre são vários fatores e é nesse ponto que a família deve mostrar solidariedade e entender que esse medo do ganho de peso do paciente é verídico, uma doença", salienta o psicólogo.       
O reflexo do espelho pode confundir aqueles que desejam exibir um corpo esbelto e, em razão da busca pela perfeição, restringem sua alimentação pelo medo exagerado de engordar. Considerada uma doença tipicamente feminina, sendo suas maiores vítimas as mulheres, a anorexia, transtorno alimentar de ordem psiquiátrica, ganha força e invade o universo masculino, segundo o psicólogo clínico do Ambulim (Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas Raphael Cangelli.

Comumente associado a um grupo composto por modelos e homossexuais, o padrão da doença vem mudando e hoje já é possível observar inúmeros homens de diversas profissões, nível escolar e orientação sexual em busca do tratamento contra a anorexia. O curioso é que o sexo masculino busca atendimento médico por outros sintomas desenvolvidos pela patologia e não pela doença em si.

O anoréxico enxerga a recusa ao comer como um estilo de vida, cultua a magreza e não compreende os sérios riscos que a enfermidade abrange. "Acompanhado do medo de engordar, surge a anemia, a queda de proteína, a falta de interesse sexual, o cansaço, o baixo rendimento escolar e profissional, além dos riscos de doenças cardíacas", alerta o especialista. Por vergonha, mesmo alguns homens, percebendo sua magreza excessiva, não buscam ajuda profissional, elevando os riscos para a saúde.

Quando o IMC (Índice de Massa Corpórea) é inferior a 15, o indivíduo já é considerado anoréxico e necessita de internação imediata. É importante esclarecer que, quanto menor o IMC, maior a chance do óbito. A maioria das mortes é originária da anemia, pois a queda de potássio no corpo facilita a parada cardíaca. Para calcular o IMC, basta dividir o peso (em quilogramas) pela altura (em metros). Por exemplo, se uma pessoa pesa 60kg e tem 1,65 de altura, a fórmula do IMC será:

IMC = 60 ÷ 1,602

IMC = 60 ÷ 2,56

IMC = 23,43

Entre as celebridades

O cantor e compositor Daniel Johns, vocalista da extinta banda de rock Silverchair, assustou fãs e familiares ao fazer shows e aparições na mídia, cada vez mais magro. Ele revelou ter desenvolvido a anorexia em 1999, chegando a pesar menos de 50 kg. Na época, o compositor criou uma música sobre o assunto, a "Ana´s Song".

Assim como Johns, muitos homens travam uma batalha diária contra a anorexia da qual dependem de si mesmos ao tentar enxergar sua verdadeira imagem diante de um espelho.
FONTE: GAZETAONLINE
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: