NOSSA POLITÍCA

15 de ago de 2010

Dia do Solteiro: Confira vantagens de estar livre, leve e solto

FAMOSIDADES
Noticias em Foco
Por Luiz Fernando
São Paulo - Parabéns aos solteiros de plantão neste domingo (15)! Hoje, afinal, é o dia de vocês e ninguém pode importunar com aquelas velhas e batidas perguntas do tipo "quando vai casar?", "ainda está sem namorada?", "ficou para a titia é?", entre outras. Até porque, para um solteiro convicto, o fato de não manter uma relação duradoura não quer dizer que a pessoa está amargando a solidão.
Segundo a psicóloga, psicanalista e socióloga pós-graduada em filosofia da educação pela PUC-SP, Nilda Jock, apesar de não haver problema nenhum em um indivíduo querer viver sem um compromisso amoroso mais sério contanto que não prejudique ninguém, ela ressalta que principalmente o brasileiro normalmente procura um parceiro amoroso.
"Geralmente a fase do 'apaixonamento' provoca um enlevo, gera uma espécie de anestésico no indivíduo. E apesar dele saber que este primeiro nível da relação é fulgaz, pois vai desaparecendo à medida que começam a surgir as mazelas e complicações que todo o relacionamento possui, o indivíduo apaixonado se deixa levar por essa emoção (...). Culturalmente, o brasileiro é mais afetivo e tende a se inclinar para estar sempre à procura de uma relação amorosa, formar uma família, etc. Mas não é um povo vanguardista", ponderou.
A socióloga ainda explicou que atualmente a maioria das pessoas são mais críticas e não tão necessitadas de encontrar complementação para se sentirem felizes: "Alguém para dividir os prazeres de desprazeres da vida é sempre valioso, mas é claro que isso não é uma regra e quem decide permanecer solteiro não está de forma alguma se distinguindo do comum, pois a vontade ou não de se estar solteiro depende do sujeito e a maneira como ele vê sua vida."
Mas ela fez uma ressalva: "Acredito que ser solteiro na visão de alguns brasileiros muitas vezes significa que tal pessoa que está sozinha, principalmente se já passou da adolescência, é alguém que ainda não ascendeu, que não amadureceu realmente. Mesmo que a tal indivíduo já tenha obtido significativas conquistas financeiras".
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
Assim, apesar dos descompromissados serem muitas vezes vistos pela sociedade com olhares reprovadores, alguns artistas querem mais é manter sua "solteirice" enquanto não encontram a cara metade. De acordo com Emílio Orciollo Neto, ao estar solteira a pessoa tem mais liberdade de ir e vir sem se preocupar com o parceiro. Mas, mesmo assim, o ator não descartou a possibilidade de arrumar sua metade da laranja: "Estou solteiro por opção mesmo. Trabalho muito [atualmente está gravando a novela 'Araguaia'] e o tempo que me sobra saio com os amigos. Se estivesse com alguém teria que me explicar, dar satisfações... Já o solteiro não tem esse tipo de preocupação. Mas não sou avesso a relacionamentos sérios não, muito pelo contrário [risos]!"
A atriz Juliana Baroni entrou para o clubinho dos solteiros, mas ainda tem um pé no dos compromissados. Isso porque a moça - que agora está no ar na novela "Ribeirão do Tempo" - assumiu ao Famosidades que já fez loucuras por um namorado a ponto de viajar de uma hora para outra só para encontrá-lo. Atualmente, a bela está solteiríssima e afirmou que, a essa altura do campeonato, um namorado para ela deve preencher muitos requisitos.
AgNews
AgNews
"Estou envolvida em outras áreas da minha vida agora e não estou pensando muito em namorados, mas decidi que se tiver que acontecer vai acontecer. Só que, do jeito que anda a minha vida agora, para ser meu namorado o cara tem que preencher uns requisitos e se encaixar na minha rotina, que é puxada, e não o contrário", finalizou a loira.
Seu colega de elenco, Rodrigo Phavanello - ex de Claudia Jimenez - está livre, leve e solto desde quando terminou seu noivado com Marisy Idalino. E pelo jeito, ele levantou a poeira e deu mesmo a volta por cima. O ator contou que sabe se adaptar facilmente à vida de comprometido ou não: "Quando estou sozinho, saio com meus amigos e me divirto sem culpa. Mas se estou namorando me preocupo com a opinião da pessoa e tento ao máximo manter uma relação bem saudável e baseada na confiança, que é tudo".
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
Outro solteiro que curte seu momento descomprometido desde quando se separou de Renata Castro Barbosa no final de 2008 - após um casamento de quatro anos - é o roteirista Bruno Mazzeo. Após algum tempo de sua separação, o autor do humorístico "Tudo Junto e Misturado" já foi flagrado com beldades como Érika Mader, Fernanda Paes Leme e Nívea Stelmann, mas com nenhuma delas ele confirmou ou desmentiu que tenha "ficado". Aliás, Fernanda já disse em várias entrevistas ser adepta da solteirice e que pretende se manter assim até encontrar o parceiro ideal.
Vale ressaltar que com um currículo desse, invejável para qualquer marmanjo, o filho de Chico Anysio já até pode prestar consultoria sobre como ser solteiro e suas vantagens.
"Não sou um mestre nesse assunto não [risos]! Mas acho que cada um tem que buscar sua felicidade da melhor forma possível. Para mim a vantagem de estar solteiro é poder sair com os amigos, passear sozinho ou acompanhado sem dar satisfação para ninguém, coisa que aprecio bastante. Mas tudo depende do momento que a pessoa está vivendo. Às vezes queremos alguém para ficar junto, compartilhar as coisas do dia a dia, e, outras vezes, tudo que precisamos é um tempo para nos preocuparmos somente com a gente", explicou.
Mesmo assim, Mazzeo admitiu ao Famosidades que, apesar de estar focado no trabalho [ele em breve vai estrear o programa "Tudo Junto e Misturado"], ele gostaria de encontrar uma parceira. "Não é um pesadelo estar solteiro, ainda mais agora que não tenho tempo para quase nada por causa do programa, mas confesso que preferia ter comentado sobre o dia 12 de junho [risos]", assumiu o humorista se referindo ao Dia dos Namorados.
Bom, e como hoje é Dia dos Solteiros, o Noticias em Foco ainda preparou para vocês uma listinha com 10 pontos positivos para ser livre e desimpedido.
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
1) Maior liberdade: Afinal, quem não quer poder ir e vir sem ter que dar satisfações a ninguém e ainda não ouvir aquelas velhas reclamações e cobranças típicas de quem namora? Todo esse espaço acaba seduzindo a pessoa e quando ela percebe, já não tem a menor vontade de ceder nem um por cento e se privar de sua cultuada liberdade.
2) Sem manias irritantes dos parceiros: Caro leitor, levante a mão aí quem já se incomodou muito ao ver uma calcinha pendurada no box do chuveiro ou leitora que já explodiu de irritação ao ver a tampa do vaso sanitário levantada. Bom, certamente muita gente já passou por essas e outras. E esses hábitos, quando viram rotina, acabam gerando muitas discussões entre os casais. Coisas que um solteiro jamais iria se preocupar, né?
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
3) Mais economia: Isso é bem lógico, afinal, o solteiro não precisa comprar presentes, flores ou ainda gastar seu rico dinheirinho com jantares românticos, presentes caros e tal nas datas comemorativas como o Dia dos Namorados. Vale ressaltar que até a conta de telefone fica mais barata. Claro, porque, não estando comprometida, a pessoa não vai ficar gastando horas pendurada no telefone batendo papo cheio de apelidinhos que pra lá de vergonhosos...
4) Aproveitar mais viagens e oportunidades profissionais: Nada mais dramático em uma relação do que quando um dos parceiros recebe uma proposta de emprego para trabalhar em outra localidade. Claro que quem ganhou a oferta fica temeroso em aceitar enquanto a outra pessoa fica com medo dar alguma opinião e influenciar. Nesse caso, o solteiro só iria se preocupar se valeria a pena profissionalmente se mudar para outro local e não precisaria esquentar a cabeçar tentando achar meios de conciliar seu romance com a nova oportunidade.
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
5) Menos compromissos sociais entediantes: Nada pior do que, após uma semana estressante no trabalho, você ainda ter de lidar com reuniões familiares pra lá de desagradáveis com toda a família de seu namorado (a). Muito provavelmente a maioria dos leitores comprometidos concordam com isso, correto? Pois então. Com o solteiro não tem nada disso. Como citado no primeiro item dessa lista, a pessoa quando está desimpedida possui total poder sobre seu ir e vir e não precisa aceitar fazer um programinha família se não quiser. Avalie!
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
6) Sem DR: Sorte dos solteiros que nem conhecem o significado dessa sigla. Afinal, discutir relação é algo que a maioria das pessoas tenta evitar, principalmente os homens. Até porque ninguém quer ficar falando sobre o porquê isso ou aquilo não deu certo, qual a razão do desgaste ou do desenvolvimento do relacionamento, quem gosta mais de quem, qual o nível de comprometimento do parceiro, entre outros tópicos não menos estressantes. Definitivamente, bate aquela inveja do (a) amigo (a) solteiro quando se está no meio de um processo de DR, pode acreditar.
7) Mais amigos: Tudo bem que quando se está namorando a pessoa acaba se tornando íntima dos amigos do parceiro. Mas com certeza quando se está solteira a pessoa sai mais e conhece novas amigos, faz novos contatos e consequentemente aumenta o círculo social.
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
8) Sem preocupações com ciúme: Tá ok comprometidos. É bem verdade que uma pitadinha de ciúme às vezes é até útil para esquentar a relação e tal... Mas que na maioria das vezes irrita bastante e causa muita dor de cabeça para o casal, isso também não se pode negar! E esse é mais um bom motivo em estar solteiro e não ter que dar satisfações de quem olhou ou deixou de olhar na balada, dar explicações plausíveis sobre aquele (a) amigo (a) que começou a se tornar íntimo demais etc.
9) Não ter sogra: Nem todo mundo pode dizer com toda a sinceridade que tem uma boa relação com a sogra. Afinal, principalmente nossas leitoras fiéis sabem que nomes como Orlando Bloom e Robbie Williams são MUITO raros por aí! E essa certamente é mais uma das vantagens de ser solteiro. Não ter que lidar com alguém que muitas vezes só sabe implicar com o que você faz e o que diz é um alívio! Então, enquanto estiver solteiro, aproveite esse momento ao máximo! O sambista Dicró que o diga!
Divulgação/TV Globo
Divulgação/TV Globo
10) Pode paquerar à vontade: Leitores queridos, dêem RT nesta matéria no Twitter se vocês concordam com a afirmativa a seguir: quando se começa um relacionamento, a vida resolve - do nada! -  lhe mostrar outras opções, ou melhor, outras pessoas superinteressantes que você só conhece quando está namorando! Nada melhor do que já estar solteiro para aproveitar e paquerar bastante, até achar aquela pessoa que lhe faça realmente querer deixar todas as nove vantagens anteriores por apenas uma: ficar com ela. Mas enquanto esse dia não chega... curtam a solteirice!
Acompanhe oNoticias em Foco no Twitter: http://twitter.com/fredwill20
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: