NOSSA POLITÍCA

6 de mai de 2011

Lady Gaga ameaça Judas com revólver de batom em novo clipe. Veja

A cantora Lady Gaga lançou, nesta quita-feira (5), o polêmico vídeo para Judas, segundo single de seu próximo álbum Born This Way - previsto para chegar às lojas em 23 de maio.
Veja o clipe:

Em seu Twitter, cantora postou a imagem com a cena um dia antes do lançamento oficial


  No   break da música, a cantora aparece toda de preto, com detalhe vermelho em sua roupa, com uma cruz no pescoço e ameaça Judas, defendendo-o do apóstolo "traidor" em uma versão repaginada do conto bíblico, com um revólver dourado, que ao invés de balas, sua munição é um batom vermelho. O clipe ainda tem cenas que envolvem outras questões religiosas, como a cerimônia do lava-pés e o beijo que Judas deu em Jesus - símbolo da amizade falsa e hiprocrisia.clipe começa com uma Lady Gaga vestida de roqueira na garupa da moto daquele que interpreta Jesus, o que pode ser considerado uma referência - mesmo que não intencional - a Highway to Hell, um clássico do AC/DC. Na cena seguinte, a cantora, apenas de roupas íntimas vermelhas e uma capa da mesma cor, faz uma coreografia sensual na praça de um vilarejo.
Depois, vai a uma festa "underground" em uma boate chamada "Electro Chapel" (Capela Electro em português). Vestida de roqueira dos pés à cabeça, a coreografia tem até coraçãozinho com a mão - febre entre os adolescentes brasileiros, que curtem o happy rock ou, popularmente conhecidos, coloridos. Obscuro, sobressaltam aos olhos as cores preto, o loiro de seu cabelo e alguns tons de roxo e azul ao longo do vídeo.
Enquanto Jesus abençoa seus discípulos, e Gaga é uma delas, Judas aparece como um verdadeiro canastrão (e por que não dizer cafajeste) anos 00. O vídeo termina com a loira vestida de Maria Madalena, sendo apedrejada em praça pública.
Polêmica
Antes mesmo de ter sido divulgado, Judas causou alvoroço na mídia, principalmente entre instituições religiosas. A Igreja Católica, por exemplo, viu como provocação o fato de Gaga interpretar nele a personagem bíblica Maria Madalena, além de ter chegado a anunciar sua estreia para o feriado de Páscoa, o que não ocorreu.
Em conversa com a revista americana Billboard, antes do lançamento, a coreógrafa Laurieann Gibson explicou: "claro que há um choque de valores. Mas, principalmente, é uma história sobre opressão, uma história sobre seguir seu coração e sobre a glória de ser livre". Dirigido em parceria das amigas Laurieann Gibson e Lady Gaga, o vídeo custou US$ 10 milhões.

Avalie o Conteúdo:

0 comentários: