NOSSA POLITÍCA

3 de mar de 2014

Marido mata esposa a facadas em Vila Velha e após o crime se joga da Terceira Ponte

O casal tinha uma filha de oito meses que estava no berço, dormindo, quando o crime aconteceu. 

Uma mulher de 24 anos foi morta a facadas pelo próprio marido quando estava deitada na cama do casal nesta segunda-feira (03). De acordo com a família da vítima, a vendedora Katiane Almeida da Silva Alves foi morta por causa do envolvimento do marido, o cobrador de ônibus Jairo Alves dos Santos, também de 24 anos, com as drogas.
Reprodução TV Vitória
Jairo ainda manda mensagem de texto para a mãe
dizendo ter matado a esposa     Foto: Reprodução Tv Vitoria
O casal tinha uma filha de oito meses que estava no berço, dormindo, quando o crime aconteceu. “Ele é usuário de drogas e agrediu ela a pouco tempo. Ela chegou a se separar, mas como ele disse que mudaria, ela acabou voltando”, afirma o caminhoneiro Antônio Carlos, pai de criação da vítima.
Segundo a polícia, por volta das 12h40, Jairo mandou uma mensagem de texto para a mãe de criação avisando que havia acabado de matar a esposa. Na mensagem ele pedia para que ela fosse buscar a criança em casa e dizia ainda que iria se matar.
Por volta das 13 horas, Jairo pegou um táxi próximo ao Terminal de Itaparica, em Vila Velha, pedindo para ir até um shopping, em Vitória. Quando chegou no vão central da Terceira Ponte começou a gritar pedindo para o taxista parar. Ele desceu do carro e se jogou.

Na Divisão de Homicídios um amigo do cobrador reconheceu o chinelo que Jairo estava usando. Uma costureira de 64 anos é a proprietária da casa onde o casal morava. Foi ela quem abriu a porta para a mãe de Jairo. Ela conta que iria fazer um ano que os dois moravam ali e que nunca ouviu o casal brigar dentro de casa. “Dentro de casa era tudo em paz. Nunca ouvi uma palavra de ofensa entre os dois”, diz Elzira Discher.
Caso parecido
No início de fevereiro, Gizele Rossi dos Santos, de 30 anos, foi morta a facadas pelo amante dentro do próprio carro na Terceira Ponte. Após o assassinato, o empresário Carlos Eduardo da Silva Barcelos, de 40 anos, se jogou da ponte.
Atualizado em 3/3/2014
Tv Vitoria
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: