NOSSA POLITÍCA

12 de nov de 2015

Prefeito de Baixo Guandu ameaça fechar ferrovia da Vale até que empresa apresente solução sobre lama no Rio Doce

Ele desabafou nas redes sociais que empresa está "omissa" em relação ao drama das cidades banhadas pelo rio

Post retirado da  rede social do Prefeito de Baixo Guandu  Neto Barros

O prefeito de Baixo Guandu, cidade capixaba banhada pelo Rio Doce, ameaçou bloquear a Estrada de Ferro Vitória a Minas com máquinas da prefeitura até que a mineradora Vale apresente soluções para o drama da lama de rejeitos que avança pelo rio desde a semana passada. Várias cidades estão com o abastecimento de água comprometido desde a semana passada, quando uma barragem se rompeu na região de Mariana (MG), causando destruição e mortes. 
A Vale utiliza a ferrovia para transportar minério de ferro e passageiros. A multinacional é uma das proprietárias da Samarco, empresa responsável pela barragem que rompeu. 
Por meio de seu perfil nas redes sociais, Neto Barros desabafou sobre a catástrofe. "Presenciamos atônitos um crime ambiental sem precedentes (...), muitos assistem impassíveis a morte do rio (principalmente os responsáveis pela empresa, mas com implicações caóticas para toda a região", declarou.
Por telefone, o prefeito confirmou que já está de posse de análises ambientais da água captada no Rio Doce. Ele disse que irá se reunir com a presidente Dilma Rousseff, que visita Colatina nesta quinta-feira, para buscar ajuda. Ele não deu detalhes sobre quando e como pretende bloquear a ferrovia. 

Informações: Portal Guandu
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: