NOSSA POLITÍCA

26 de abr de 2011

Nóia é preso pela 48ª vez por cheirar vapor de tinta tóxica


A polícia de Fort Wayne (Indiana) prendeu Kelly Gene Gibson após ele cheirar deliberadamente vapor de tinta tóxica. Esta foi a 48ª vez que o americano enfrenta problema com autoridades por causa da inalação de produto tóxico desde 1992.

Policiais foram à residência de Kelly Gene depois que a esposa dele, Elizabeth, pediu ajuda e se refugiou no quarto do casal. Ao entrarem na residência, os agentes encontraram Kelly Gene sentado no sofá sem a camisa e com marcas de tinta prata no rosto e nas mãos.

Ele havia aquecido a tinta para inspirar o vapor, e a casa cheirava a fumaça. Segundo o boletim, o sujeito estava «em órbita« e não podia sequer ficar de pé.
                                                                                     Fonte: Vixi
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: