NOSSA POLITÍCA

11 de jul de 2011

Capixaba é encontrado morto dentro de banheira nos Estados Unidos

Graziel Fonseca, 32 anos, foi encontrado por amigos boiando em uma jacuzzi. Familiar confirma que ele tinha problema cardíaco

gazetaonline - Redação Multimídia
foto: Arquivo pessoal
Graziel Fonseca
Graziel Fonseca atuava como pintor automotivo em uma indústria


Um capixaba morreu na cidade de Newark, estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos, na última segunda-feira (04), durante o feriado da Independência do país. O corpo de Graziel Leonardo Ferreira da Fonseca, de 32 anos, foi encontrado por amigos dentro de uma jacuzzi, após o grupo deixar o lago de Dover, onde praticavam esqui aquático.

Graziel disse aos amigos que estava cansado, deixou o barco e percorreu a nado uma distância de cerca de 100 metros - do local onde estavam até a margem do lago. Ao chegar na casa em que estava hospedado, resolveu descansar dentro da banheira de água quente, onde a temperatura gira em torno de 40º C. Amigos o encontraram boiando minutos depois.

Leia mais notícias do minuto a minuto

A notícia da morte causou surpresa entre amigos e familiares. Eles dizem que Graziel sempre foi adepto das práticas esportivas e da alimentação saudável. "Ele sempre praticou vários esportes e se preocupava com a alimentação. Ele ia trabalhar de skate, andava de bicicleta", contou a prima Arielly Campo.

O atestado de óbito apontou que a causa da morte do capixaba foi afogamento. Familiares suspeitam que ele tenha sofrido uma fibrilação atrial quando estava dentro da banheira. "Há uns cinco meses, ele desmaiou quando estava jogando futebol. O exame não constatou problemas no coração, mas um médico suspeitou de fibrilação atrial. E a mãe dele tem problemas cardiácos", disse Arielly.

Como milhares de brasileiros, Graziel foi para a América do Norte a trabalho. O capixaba deixou Campo em Grande, em Cariacica, em dezembro de 2004 e atuava como pintor automotivo em uma indústria.

O corpo de Graziel deve chegar ao Espírito Santo nesta terça ou quarta-feira. Após ser velado em Cariacica, o corpo será enterrado em cemitério de São Gabriel da Palha, município onde mora maior parte da família. A quantia necessária para o translado do corpo até o Espírito Santo foi de cerca de US$ 12 mil. As despesas foram todas pagas por amigos do capixaba.
fonte: 

Avalie o Conteúdo:

0 comentários: