NOSSA POLITÍCA

4 de jan de 2013

Atriz que participou de 'Thriller' ganha US$ 55 mil em processo contra Michael Jackson


A ex-playmate ainda foi usuária de drogas. Em 1992, foi presa por posse de cocaína.
                                                                                                                                                                                            
                                                                                                                      Atualizado em 04 de janeiro 2013     

A mocinha assustada por zumbis no clipe de "Thriller" vai levar US$ 55 mil do espólio de Michael Jackson. A atriz Ola Ray entrou com um processo contra Michael Jackson em maio de 2009, apenas um mês antes da morte do cantor, alegando quebra de contrato, e finalmente vai receber a indenização. O advogado da moça ficará ainda com mais US$ 20 mil, afirma o site TMZ.
De acordo com a publicação, Ola Ray aceitou a oferta equivalente a R$ xx para dar por encerrada a questão judicial que se arrastava por quase quatro anos. No processo, ela alega que a produtora de Michael lhe devia uma grande quantia pelos lucros obtidos com o sucesso de "Thriller", quase 30 anos após seu lançamento.
Ola Ray, hoje com 52 anos, foi modelo da Playboy na década de 80. Após a participação em "Thriller", ela começou a reclamar que não havia sido remunerada o suficiente e chegou a culpar Michael Jackson por isso. Mas, depois, pediu desculpas formalmente ao cantor. A ex-playmate ainda foi usuária de drogas. Em 1992, foi presa por posse de cocaína. Como pena para o delito pegou nove meses em uma clínica de reabilitação.
O diretor do clipe John Landis, que também entrou com um processo similar, foi outro a fechar um acordo. Apesar de a cifra não ter sido divulgada, o TMZ afirma que inicialmente o diretor queria US$ 2 milhões.
Informações: 
Avalie o Conteúdo:

0 comentários: