NOSSA POLITÍCA

8 de nov de 2015

Prevendo interrupção no abastecimento, moradores acabam com estoque de água mineral em Colatina

A notícia da chegada da lama das duas barragens que se romperam no município de Mariana, em Minas Gerais, provocou uma corrida por água mineral em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Em algumas distribuidoras, os galões já acabaram.
Procura por água mineral foi grande em ColatinaFoto: Aparecida Alves Bolsoni/Internauta
O comerciante Vanderlei Sebastião Guaitolini, que tem uma distribuidora no bairro Moa
cyr Brotas, disse que recebeu 60 galões nesta sexta-feira (6) e o estoque acabou durante a noite. "Deu a notícia de que a água ia sujar e acabou tudo. Tenho até encomenda". A previsão é de que ele receba mais galões por volta do meio-dia deste sábado (7).
Já o comerciante Marcelino Mattedi não tem água para vender na empresa dele, no bairro IBC, desde a tarde desta sexta (6). O estoque de 60 galões também acabou. Mas a preocupação maior do comerciante é com uma possível greve de caminhoneiros prevista para a próxima segunda-feira, que pode prejudicar o recebimento da mercadoria.
Já em uma distribuidora no bairro Honório Fraga, os galões de água mineral não acabaram, mas aumentou a procura. De acordo com a funcionária Girliane Rodrigues, de quinta para sexta foram vendidos mais de 100 galões.
Em reunião realizada na manhã deste sábado (7), o Governo do Estado informou que a lama deve chegar a Colatina na madrugada de segunda-feira (9), por volta de 1 hora. Segundo a prefeitura, o abastecimento de água será suspenso.
Com Informações: Gazeta Online

Avalie o Conteúdo:

0 comentários: