NOSSA POLITÍCA

18 de jul de 2015

Pedofilia : Suspeito de pagar menores para ter relações sexuais é preso

Um menino de 14 anos é uma das vítimas. Segundo a polícia ele contraiu uma doença sexualmente transmissível


Um idoso de 66 anos foi preso na manhã desta sexta-feira em sua casa, na Serra, acusado de aliciar crianças e adolescentes através de seu perfil em uma rede social. Segundo a polícia ele oferecia dinheiro e presentes em troca de sexo. Além de ter a prisão preventiva decretada pelo crime de estupro, ele também foi autuado em flagrante por manter consigo vídeos envolvendo atos sexuais de crianças e adolescentes.
O administrador de empresas e auxiliar de contabilidade Luiz Antônio de Souza foi encontrado pela polícia a partir de uma denúncia feita pela mãe de um adolescente de 14 anos, após descobrir uma série de presentes, incluindo um celular, dados ao filho pelo idoso.
Em depoimento, o menino afirmou ter conhecido o homem no Facebook e que cerca de 20 dias depois, eles passaram a se encontrar na casa do idoso.
Em troca de cada relação sexual, o adolescente ganhava entre R$ 60 e R$ 70, quantia que era deixada dentro de envelopes em um estabelecimento comercial da Serra, para o qual Luiz Antônio prestava serviços. Em função do relacionamento, o adolescente contraiu uma doença sexualmente transmissível.
Confissão
Durante o cumprimento do 
mandado, Luiz Antônio resistiu à prisão e chegou a morder um dos policiais. No entanto, segundo o delegado Lorenzo Pazolini, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), ele confessou ter mantido relações sexuais com crianças e adolescentes, mas alegou que atualmente não pratica mais o crime. Ele também afirmou ter tido um namoro com a vítima de 14 anos e confirmou ter lhe dado presentes e dinheiro, embora não admita que as regalias tenham sido fornecidas em troca de sexo.
Mais vítimas
Além de lubrificantes, DVD’s pornográficos e estimulantes sexuais, a polícia apreendeu o celular do idoso - do qual ele tentou se livrar durante a prisão - que continha vídeos de sexo do acusado junto à outras crianças e adolescentes. De acordo com o delagado Pazolini, análises preliminares dão conta de que há pelo menos mais duas vítimas, ainda não identificadas. O computador e o celular de Luiz Antônio serão avaliados. O homem foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana.
Fonte: Gazeta Online

Autor: Fred Willian | contato.fredwillian@gmail.com

Avalie o Conteúdo:

0 comentários: